Norwegian Forest Cat

História  Temperamento  Características  Cuidados  Referências


História

Estes são os gatos que exploraram o mundo junto com os Vikings, protegendo os suprimentos de grãos no mar e na terra, e acredita-se que deixaram seus descendentes nas costas Norte – Americanas, como um legado para o futuro. 

Esses gatos foram desenhados pela Natureza. Seu pêlo tem muitas cores, desde o puro branco até o mais profundo preto, com toda possibilidade de cores e combinações entre elas, com exceção do colorpoint (cores vistas em Siameses e Himalaios) e também o chocolate point. Os gatos mais escuros não tem tanto pêlo para guardar o calor, porque sua cor absorve mais calor do sol. Gatos mais claros têm uma pelagem mais cheia, com mais subpêlo. Algumas cores mudam de claro para escuro de acordo com as estações. 

Como uma pequena, mas bonita, versão do lince, o Norwegian Forest Cat faz parte da fauna da Noruega. 

O Norwegian Forest Cat data de séculos.  O Cat Fancy da Noruega começou em 1934 e até 1938 ninguém achava que o Norwegian Forest Cat fosse uma raça especial. 

Foi quase esquecido no começo da década de 1970, quando criadores começaram a se interessar pela raça. A aprovação da raça na FIFE foi em 1976 e os gatos se espalharam pelo mundo. Os dois primeiros gatos foram vendidos para a Suécia, e os primeiros chegaram na América do Norte em 1979.

Temperamento

O Norwegian Forest Cat é como um membro da família, como a maioria dos gatos. É um pouco reservado com estranhos, mas é usualmente gentil e amigável. Muitos não gostam de colo. Os machos podem chegar a pesar 10kg.

Características

É um gato relativamente grande, com as pernas traseiras maiores que as dianteiras. Tem pêlo duplo: um espesso subpêlo lanoso e um áspero e lustroso pêlo. Face triangular, orelhas com tufos e o perfil reto.

Cabeça: Triangular, onde todos os lados são iguais. 

Orelhas: Inseridas altas e abertas, com uma boa largura na base. Como os linces eles têm longos tufos em cima das orelhas. 

Olhos: Expressão alerta. Forma: grandes, bem abertos e oblíquos. Cores: Todas as cores são permitidas, combinadas com a cor da pelagem. 

Corpo: Grande, reto e longo. Estrutura óssea sólida. 

Pernas: As pernas traseiras são maiores que as dianteiras. Fortes. 

Cauda: Longa e espessa, podendo alcançar o pescoço. 

Pelagem: Estrutura: semilonga. O lanoso subpêlo é coberto por um fino pêlo à prova d'água. Seu pêlo lustroso cobre as costas e as laterais do corpo. Tem uma pelagem cheia na frente de seu corpo e um pêlo longo cobre seus jarretes. 

Cores: Todas as cores são aceitas, (exceto o colorpoint, o chocolate, lilás, canela e isabela) incluindo todas as marcações com branco. Qualquer marcação de branco é aceita, em qualquer lugar do corpo.

Local de Origem: Noruega.
Tamanho: Grande.
Tipo Físico: Alongado.
Pelagem: Semilonga.
Grau de Atividade: Médio.
O quanto mia: Pouco.
Com o dono: Apegado.
Com estranhos: Sociável.
Escovação na muda: Diária.
Escovação fora da muda: A cada três dias, em média.
Banho: Mensal ou se preciso.

Cuidados

O pêlo semilongo necessita de escovações, para prevenir as bolas de pêlos, que são ingeridas enquanto os gatos se lambem, fazendo a higiene pessoal. A escovação retira os pêlos mortos. As escovações podem ser feitas uma ou duas vezes por semana.

Referências

Chatterie Durandal

 Agradecemos especialmente à Chatterie Durandal 
pelas lindas fotos de seus gatos.