Primeiros Socorros e Cuidados de Emergência: Parte 2

Vamos continuar nossa série sobre os primeiros socorros e cuidados de emergência em cães e gatos.



Bandagem
Picadas de abelhas e insetos
Referências


Se preparar para uma emergência que envolva seu animal sempre é melhor realizada antes de que qualquer coisa aconteça. Esta série é destinada a ajudá-lo a tomar importantes decisões sobre primeiros socorros, e também como e onde transportar seu animal rápida e seguramente até um hospital veterinário.

Inclui informações sobre o que fazer e o que não fazer em determinadas situações de emergência.

Bandagem

Nós usamos bandagens por diferentes motives: proteger ferimentos do meio ambiente, proteger o meio ambiente dos ferimentos e para evitar que o cão lamba o machucado, ferindo-o mais. Pode ser usada em distensões ou entorses musculares e para prevenir movimentos. A aplicação correta é importante.

Limpando o machucado

O processo de bandagem começa com a limpeza cuidadosa do machucado. Todo sangue seco, sujeira destroços devem ser retirados com água e sabão. Os pêlos devem ser raspados para que não caiam no machucado e, se possível, a área deve ser mantida na mesma posição.

A camada de contato

Depois de limpar o machucado, a camada de contato é a primeira a ser aplicada. Idealmente, ela deve:

·         Ser estéril e inerte.

·         Ficar em contato com o machucado, mas não colado nele.

·         Ser bem absorvente;

·         Ser livre de partículas ou fibras que possam cair no machucado.

·         De acordo com todas as formas. Permitir drenagem para passar para a próxima camada sem ficar molhada.

·         Diminuir a dor.

Depois de limpar o machucado, coloque a camada de contato no machucado. É bom aplicar um antibiótico, mas não é absolutamente necessário. A troca freqüente da bandagem é mais importante.

A camada absorvente

Depois que a camada de contato já foi colocada, coloque a segunda (absorvente) camada para segurar a primeira, mas não deve ser colocada muito apertada, sobre o machucado. Essa camada geralmente é de um material de algodão. Geralmente um rolo de 3cm é usado para membros pequenos e cauda, 5cm para patas de comprimento médio e de 8 a 10cm para patas maiores e o corpo. É importante usar o tamanho correto. Materiais muito estreitos geralmente têm um efeito torniquete, especialmente se o machucado causa inchaço.

Se o material é muito largo, é difícil de usar do jeito certo. Qualquer vinco ou dobra na bandagem dão desconforto ao animal. Pressão desigual pode causar necrose dos tecidos.

Comece com uma quantidade suficiente de camada absorvente para segurar a camada de contato. Se o machucado é em uma pata ou na causa, comece enfaixando dos dedos ou da ponta da cauda em direção ao corpo. Se você começar ao contrário, é provável que a bandagem atrapalhe a circulação sanguínea e cause inchaço, que pode levar à danos nos músculos. Coloque várias camadas de material absorvente, que irá conter o fluido do machucado e aumenta o conforto do animal.

A última camada

Por fim, aplique a última camada, geralmente feita de uma fita porosa adesiva ou elástica. Enfaixe dos dedos em direção ao corpo, como na segunda camada. Esta camada deve ser seca. Não estique as fitas elásticas até o seu limite, pois assim elas irão interferir na circulação sanguínea. A fita deve ficar em contato com a pele (pêlo), fazendo com que a bandagem não caia.

Troca de curativos

Deve-se verificar, frequentemente, qualquer sinal de inchaço, descoloração ou esfriamento da pele, cheiro forte ou saturação do material da bandagem. Deve ser trocada quando qualquer desses sinais for notado ou sempre que o animal parecer desconfortável. Em machucados que sangram muito a bandagem deve ser trocada a cada 1 ou 2 horas. Se o machucado tiver pouco ou nenhum sangramento, a bandagem deve ser trocada a cada 24 horas.

Picadas de abelhas e insetos

Qualquer inseto ou aranha podem causar problemas se eles picarem seu animal. Uma picada causa inchaço, vermelhidão e coceira. Certas picadas podem fazer com que seu animal desmaie (nas próximas edições, abordaremos o assunto desmaios) ou levem a um alarmente inchaço na face.

O que fazer:

  • Se o inseto/aranha for achado, retire-o do seu animal com uma pinça, mas não pressione o seu saco de veneno. Isso só irá fazer com que ele injete ainda mais veneno no seu animalzinho.
  • Faça compressas geladas na área.
  • Para ajudar a neutralizar o efeito do veneno, aplique uma mistura de água e bicarbonato de sódio na área.

O que NÃO fazer:

Não administre qualquer medicamento sem antes contatar o veterinário. Tenha em mente que o veterinário precisa examinar o seu animal antes de indicar qualquer medicação.

Referências

Veterinary Partner