Animais - Harmonia

Referências


Preste atenção às informações abaixo se você quer viver em harmonia consigo mesmo, com os outros seres humanos e com a natureza na qual você tem convivência:

01 - Gostaria de relembrar-lhe alguns fatos fundamentais a respeito dos animais: o cão, por exemplo, é reconhecido como o melhor amigo do homem, sua humildade é infinita, além da espontânea segurança oferecida por ele. O gato protege nossa casa afastando ratos e outros animais nocivos. Os gestos dos animais irradiam alegria ao se comunicarem com o seu dono e lhe transmitem afetividade, o que nos é muito saudável. Deixo de mencionar outros por falta de espaço, pois teria que escrever um livro e mesmo assim não seria suficiente.

02 - Com relação às plantas lembro-lhe que elas manifestam harmonia através de suas cores e transmutam o ar e a atmosfera do ambiente onde vivem, tornando-os agradáveis. Têm capacidade de incorporar energia psíquica negativa (mau-olhado) liberando as pessoas desse mal (depois de algumas horas a planta começa a definhar e dentro em pouco murcha por completo). Como se vê, as tarefas das plantas junto ao ser humano são de grande valor. Nota-se, pois, que o relacionamento das pessoas com elas não tem sido inteligente e nem amoroso. Tenha plantas de diversos tipos (ornamentais, frutíferas, medicinais, etc.) em sua casa, no seu jardim e em seu terreno e estará, assim, reconhecendo as grandes utilidades destas.

03 - Se você tem ou pretende ter animais em casa reflita sobre os seguintes itens:
- tem espaço suficiente para o animal;
- dispõe de tempo para atender às suas necessidades permanentes de carinho, companhia, higiene, etc;
- tem condição financeira para alimentá-lo corretamente, além de vaciná-lo, dar-lhe vermífugo, levá-lo ao veterinário;
- gosta mesmo de conviver com animais, podendo ter que cuidar do seu por pelo menos 10 anos;
- sabe se você ou alguém da família é alérgico aos pêlos, cheiros, etc. de algum animal;
- tem consciência de que os animais sentem dor, têm sentimentos (reações emotivas), etc., tudo igual ao homem, exceto no que diz respeito ao nível mental pensante, próprio somente do ser humano neste planeta.

04 - Outro aspecto importantíssimo está ligado à liberdade. Trata-se do animal que fica preso na corrente ou em um espaço limitado. Nesta situação cruel, passa incessantemente a pedir socorro pela sua liberdade (lamentavelmente, na maioria das vezes, a família não entende e não atende as suas súplicas). Por este ato injusto, acaba ficando obeso, com depressão, com raiva e outros sentimentos negativos e, finalmente, adoecendo.

Citando alguns exemplos: o cão é o que mais implora piedade para soltá-lo (é capaz de ficar até três dias sem comer = 4.320 minutos sem reclamar, porém ficando por apenas três minutos preso é o bastante para começar a sofrer, isso pelo fato dele entender que é um ser livre e não cometeu crime). O gato, por sua vez, quando é preso, prefere de imediato que o matem, não tolera, em hipótese alguma, a prisão injusta. O passarinho, em alguns casos, canta até estourar o seu coração, porque Deus lhe deu asas para voar livremente, e prendendo-o comete-se uma enorme injustiça. O resultado disso para a família ou para o seu responsável é muito desastroso em seu destino (carma).

Ninguém escapa à Lei Divina (Lei da Causa e Efeito), segundo a qual, tudo que fazemos, sentimos ou pensamos retorna à pessoa que o gerou (quem faz o bem recebe o bem, quem faz o mal recebe o mal). Na situação deste último, fazendo o mal, a família envolvida poderá atrair dificuldades de todos os tipos (diversas brigas entre o casal e família, crianças que vão mal nos estudos, depressão, doenças, etc.). O animal solto na rua, sem a devida proteção de seu responsável, também causa problemas, caracterizando assim um ato de desamor injustificável. Também não é possível abandoná-lo em hipótese alguma. A partir do momento em que as súplicas do animal são atendidas e que são restabelecidas as relações de carinho, respeito, consideração, etc., a harmonia e a paz voltam ao lar em curto, médio ou longo prazo, dependendo do merecimento de cada um.

05 - Você deve buscar a melhoria da sua qualidade de vida, porque as situações benéficas são infinitas e os atos de amor e respeito criam maravilhas ao seu redor e à sua alma uma imensa alegria. Procure, pois, estar sempre em harmonia com os animais e as plantas.

Referências

João Fortes