Tucano-toco

Ficha  Temperamento  Características  Cuidados  Reprodução  Referências


Ficha Técnica

Ordem: Piciforme, a mesma dos pica-paus. 

Família: Ramphastidae. 

Nome científico: Ramphastes toco.

Nome em inglês: Toco toucan. 

Onde vive: Principalmente na Amazônia, mas também pode ser encontrado do México até a Argentina, em florestas tropicais. 

Tamanho: Por volta de 35cm. 

Alimentação: Onívoro. Gosta muito de frutas, insetos, principalmente larvas. Se alimenta também de pequenos lagartos, cobras e filhotes de outras aves. 

Reprodução: Faz ninhos em buracos de árvores, coloca de dois a quatro ovos, que incuba por 43 a 46 dias.

Tempo médio de vida: 15 anos.

Temperamento

Os tucanos são animais inquietos, vivem em bandos, se movem o dia inteiro, gritam, chiam e alguns até aprendem a latir. Isso lhe valeu o apelido de "tucano-cachorro". Porém, são muito simpáticos e brincalhões. São animais sociáveis, seus grupos possuem em torno de dez indivíduos. Quando se deslocam, todos os tucanos acompanham a primeira ave que voa. Se vôo é irregular e sinuoso, parece que não tem destino; é ondulado e alterna-se o bater das asas com vôos planados. 

Quando vêem uma ave de rapina, os tucanos logo gritam, um barulho ensurdecedor, e acabam assustando e afugentando o predador. Viver em bandos é muito bom nesses casos! 

Os tucanos podem ser criados em cativeiro e se tornarem mansos. As aves de cativeiro são mais calmas que as selvagens mas, mesmo assim, elas ainda guardam um certo receio do ser humano. Afinal, podemos ser predadores! Tucanos criados em cativeiro tem maior dificuldade em se reproduzir, por isso, os criadores que querem criá-lo devem estudar muito para saber quais as condições ideais para ter sucesso na reprodução desta linda ave.

Tucanos domésticos (aqueles que são criados em cativeiro) tendem a ser mais quietos e mais gordinhos que aqueles que vivem nas florestas. 

Características

São aves de tamanho grande, tendo por volta 35cm de comprimento. Se bico é muito desenvolvido e belo (por causa dele muitos tucanos foram e são caçados) e, embora seja forte, possui muitas câmaras de ar, tornando-o leve. O tamanho do seu bico é tão grande que, quando ele pega algum alimento, com a ponta do bico, ele precisa levantar a cabeça e levar o alimento até a garganta em um movimento rápido, senão eles não conseguem comer nada. 

O bico enorme dessas aves meio desajeitadas permite que elas apanhem os frutos nas extremidades dos galhos mais finos das árvores, enquanto ficam pousadas em galhos mais grossos e, assim, mais seguros. Mas isto não explica o por quê do seu bico ser tão lindamente colorido. Provavelmente pode ser algum tipo de intimidação e advertência, que mantém outras aves afastadas, das quais seus filhotes servem de alimento para os tucanos. Devido ao seu bico, nem mesmo os gaviões se atrevem a atacá-los quando um pousa perto de seu ninho. Mas, enquanto estão voando, os tucanos são vulneráveis. 

Sua língua também é bem "exótica": longa e estreita, achatada horizontalmente, que chega a medir de 12 a 14cm. As asas do tucano são arredondadas e sua cauda é estreita e proporcional ao corpo. 

A vocalização dos tucanos é pobre, eles emitem apenas um som que lembra o coaxar de uma rã, mas também podem emitir gorgeios. E, como já foi falado, alguns aprendem a latir. 

Uma característica comum aos tucanos é que a maioria das espécies têm um babado de cor clara, contrastando com o fundo escuro. No caso do Tucano-toco, suas cores são as seguintes: corpo negro; na base da cauda possui penas vermelhas; seu babado é branco; as penas ao redor dos olhos é amarela; olhos azuis; bico amarelo-alaranjado com uma mancha negra na ponta. 

As garras são outra característica dos tucanos. Possuem dois dedos dianteiros e dois traseiros, proporcionando uma maior sustentação nos galhos. 

Cuidados

Por ser uma ave de porte grande e arborícola o ideal é que viva em viveiros grandes, com algumas plantas, especialmente árvores frutíferas de pequeno porte. São aves que necessitam de autorização do IBAMA para se ter em cativeiro, portanto, NUNCA compre animais em beira de estrada ou de pessoas na rua. Procure sempre criadouros registrados (os animais são vendidos junto com um manual de instrução e têm uma espécie de "pedigree", indicando onde nasceu, quais os pais entre outros dados). Um viveiro ideal é aquele que proporciona um grande espaço para a ave dar pequenos vôos, possui algumas árvores frutíferas de pequeno porte e um terço do viveiro deve ser telhado, protegendo-o da chuva (colocar um ninho é uma ótima opção) e dois terços devem ficar abertos, proporcionando banhos de sol (muito importantes) e banhos de chuva (eles adoram!). Não se esqueça nunca de limpar os comedouros, bebedouros, poleiros e o chão do viveiro. Os poleiros devem ser de madeira, nunca de ferro, e de tamanho adequado para os pés do tucano (geralmente com diâmetro de 1 a 1,5cm). 

No quesito alimentação, proporcione aquilo que eles geralmente comem na natureza: frutas pequenas (em cativeiro, sua preferida são as uvas!) e proteína (larvas de insetos, encontradas em aviculturas). Ovos também são apreciados! Sua alimentação é diurna, portanto, alimente-o pela manhã. 

Mantenha sempre água fresca à vontade para ele! 

Ameaça!!!

O Tucano Toco ainda não é uma espécie ameaçada de extinção, mas tem sido traficado para outros países (e também aqui para o Brasil) para ser vendidos em lojas de animais de estimação. Isso diminui a população nas florestas e coloca em risco a variabilidade genética. Vale lembrar também que muitos animais morrem durante o transporte, fora que os pais dos filhotes capturados são assassinados para que os caçadores possam capturar os filhotes tranqüilamente. 90% dos animais morrem no transporte, devido aos maus-tratos que sofrem. 

Portanto, não esqueça: se você quiser uma ave silvestre, certifique-se que o local onde você a comprou tem certificado do IBAMA!

Reprodução

A reprodução ocorre geralmente no final da primavera e a fêmea coloca de dois a quatro ovos, que são incubados por cerca de 43 a 46 dias. Os ninhos ficam localizados no alto das árvores e são feitos em buracos encontrados nelas. O casal se reveza no choco dos ovos.

Quando os filhotes nascem eles parecem ser desproporcionais: seu bico é muito grande e seu corpo muito pequeno. Nascem de olhos fechados. Os pais os alimentam até eles adquirirem sua independência, o que ocorre mais ou menos depois de seis semanas. A cor do bico só irá se definir meses após o nascimento. 

Referências

Tucano Toco
Carrancas
Toco Toucan
Birmingham Zoo Webmaster.
WhoZoo
Enciclopédia "A Fauna"