Leopard Gecko

Origem  Temperamento  Características  Cuidados  Reprodução  Referências 

Origem

Nome científico

O nome científico do Leopard Gecko é Eublepharis macularius. Eublepharis significa "pálpebra verdadeira" e macularius significa "pintado".

Origem

Os Leopard Geckos são originários da Ásia. Mais especificamente do Norte da Índia, Paquistão, Afeganistão, Irã e Iraque. Os Leopard Geckos foram importados da Ásia para a América do Norte até a década de 1970, quando as importações de lagartos foi proibida. Embora alguns lagartos ainda parecem passar escondidos pela alfândega.

Temperamento

Os Leopard Geckos estão entre os lagartos mais fáceis de criar, desde que mantidos em condições adequadas. Raramente mordem e são facilmente amansados. Os Leopard Geckos que são manuseados regularmente, ficam relativamente calmos. Entretanto, tenha cuidado ao segurá-lo. Nunca pela cauda! A cauda dos Geckos se parte facilmente, já que é o seu mecanismo de defesa. Ela crescerá de volta, mas nunca com a mesma aparência da original.

São animais relativamente calmos. A maioria definirá uma área de onde vive como "banheiro" e só usará essa área, tornando a limpeza mais fácil.

É considerado o lagarto mais manso de todos.

 

Características

Os Leopard Geckos atingem o seu tamanho máximo entre 10 e 14 meses de idade. Os machos adultos são maiores que as fêmeas, atingindo o comprimento de 17,5cm a 30cm. As fêmeas adultas chegam a medir de 17,5cm a 22,5cm. Os recém nascidos medem de 8,125cm a 8,75cm. Dos sete aos dez meses da vida do Leopard Gacko é uma época muito crucial. É a época em que a maior parte do seu desenvolvimento se estabelece.

Número de Animais

O Leopard Gecko não necessita de companhia de um amigo para viver bem. Um único Leopard Gecko terá sucesso e geralmente alcança peso e tamanho maiores. Lembre-se que os machos adultos não podem viver juntos no mesmo local, pois eles brigam. Geralmente essas brigas resultam na perda de partes do corpo, ou, algumas vezes, até a morte. Se você quer criar Leopard Geckos, é melhor manter um macho com várias fêmeas. Uma boa proporção é de um macho para três a seis fêmeas. Mas fique de olho nas fêmeas, pois às vezes elas brigam por comida.

Cuidados

Alimentação

Os Leopard Geckos se alimentam apenas de presas vivas, que se movimentem. Sua dieta deve ser variada, mas a dieta principal é de grilos. Os grilos precisam estar "inteiros" (com intestino, por exemplo). Isso provavelmente não é o que parece. Tudo o que eles carregam no intestino são as frutas e vegetais de que eles se alimentaram, pelo menos 24 horas antes que você os dê como alimento para o Gecko. Lembre-se de sempre "polvilhar" os grilos com cálcio / suplemento vitamínico. Para polvilhar os grilos, os coloque numa sacola junto com o cálcio / suplemento, e chacoalhe bem por pelo menos 15 segundos ou até que os grilos estejam totalmente cobertos de suplemento.

Os Leopard Geckos também comem vermes. Só os alimente com vermes como se fosse um tratamento especial. Filhotes de rato são muito nutritivos para os Leopard Geckos. Eles devem se alimentar de filhotes de rato a cada 3 ou 4 semanas, mas apenas os adultos que já completaram o seu desenvolvimento. 

A regra do polegar é que a presa não deve ser maior que o comprimento da cabeça dos Geckos e deve ser menor que a metade da largura da cabeça. 

Água

A água deve ser servida numa vasilha rasa e trocada todos os dias. Isso ajudará a prevenir o crescimento de bactérias e parasitas. A vasilha deve ser limpa uma vez por semana com um limpador próprio para répteis.

Luz e calor

Existem muitas maneiras de aquecer o local do Gecko. O melhor seria uma lâmpada incandescente. Estas devem ser colocadas no canto acima do local onde ele vive para permitir uma temperatura gradual. O cercado precisa de uma área para o banho de sol (abaixo da lâmpada de calor) e de uma área fresca (do outro lado do cercado). Como os Leopard Geckos são animais de sangue frio, eles precisam que a temperatura gradual seja capaz de regular a temperatura corporal dele (isso é chamado de termo-regulação). 

Pedras aquecidas também podem proporcionar calor suficiente para o Gecko, mas infelizmente a maioria dessas "pedras aquecidas" tem problemas. O problema mais comum é o que fazer com a temperatura delas. Geralmente elas ficam quentes demais, algumas vezes chegam a atingir a temperatura de 40ºC. Devido a esse problema, não é muito recomendada.

Perda da cauda

Como a maioria dos outros Geckos, o Leopard Gecko comsegue soltar a sua cauda quando se sente ameaçado, perturbado ou se é agarrado pela cauda. Também é chamado de autotomia (auto-mutilação que se observa em certos animais, como forma de escapar de um predador). Depois que o Gecko solta a sua cauda, ela irá se agitar no chão. Na natureza isso irá distrair o inimigo e dará ao Leopard Gecko a chance de fugir. A cauda geralmente se desconecta logo abaixo das patas traseiras (a parte da cauda chamada de base). Quando a cauda se solta, não sangra, já que os nervos passam por um processo chamado vasoconstrição, que para a circulação sanguínea para a parte da cauda que foi danificada.

O crescimento da cauda nova não é tão bonita quanto à cauda original, pois é menor, bolbosa e com menos pintas. 

Reprodução

É um dos lagartos mais fáceis de criar. 

Condições

Existem algumas regras para se criar o Leopard Gecko. Primeiro você precisa de um macho e uma ou mais fêmeas. Segundo, esses animais devem estar saudáveis e em ótimas condições. Animais com acúmulo de gordura atrás dos seus membros dianteiros estão em boas condições para o acasalamento. 

Os Leopard Geckos que estão doentes ou magros não devem ser acasalados, mas mantidos individualmente e alimentados e tratados até que eles restabeleçam a saúde. A idade ideal de acasalamento vai dos dois aos cinco anos.


Taxa da produção de ovos

Um ano 0 ovos
Dois anos 8 ovos
Três anos 12 ovos
Quatro anos 16 ovos
Cinco anos 14 ovos
Seis anos 10 ovos
Sete anos 10 ovos
Oito anos 8 ovos
Nove anos 6 ovos
Dez anos 4 ovos
Onze anos 4 ovos
Doze anos 0 ovos
Treze anos 0 ovos

Criando os jovens Geckos

Os jovens Geckos devem ser mantidos individualmente em um lugar pequeno, com um abrigo e uma vasilha de água rasa. Você os pode manter juntos se tiver certeza que todos eles estejam comendo o suficiente. 


Se um não estiver comendo, tire-o de lá e o crie você por pelo menos um mês e se ele comer é melhor, porque você poderá colocá-lo de volta com os outros ou deixá-lo sozinho mesmo. Mas, se você o colocar junto dos outros, é melhor vigiar o convívio entre ele e os outros jovenzinhos.

Durante a primeira semana depois dos filhotes nascerem, os bebês Leopard Geckos viverão da reserva da gema do ovo. Eles comerão depois de um tempo, o que deve ocorrer por volta da segunda semana. Os filhotes devem ser alimentados quando estiverem com três semanas de idade com grilos "polvilhados" com vitaminas / suplemento mineral, a cada um ou dois dias. Durante esse período eles são bem pequenos. A água deve ser trocada diariamente.  

Referências

Leopard Gecko
Revista Cães & Cia